ZonaReGGae Reviews: “Life Goes in Circles”


Life Goes In Circles ’Sounds from the Talent Corporation 74’-79’ 2006 Pressure Sound

PressureSounds

Fundada em 1995, a label britânica Pressure Sounds é uma das editoras mais empenhadas em reeditar produções “esquecidas” no tempo, do oldscholl jamaicano.

Desde a redição do clássico “Same Song”(Israel Vibration), até aos dias presentes, a Pressure Sounds conta já com 52 títulos no seu catálogo, que cobrem a história da música jamaicana num “gap” temporal que recua desde o roots dancehall até ao mento jamaicano dos anos 50!!

O último desses reissues, lançado em Novembro de 2006 dá pelo nome de “Life Goes in Circles – Sounds from the Talent Corporation(1974-79)”, e ensina-nos mais um capítulo da fascinante era do roots.

Decorria o ano de 1967, quando o grupo The Jamaicans, venceu a 2ª edição do Festival Song, com o hit da era rocksteady “Baba Boom”.Este foi o início de uma lendária carreira com mais de 40 anos, na indústria musical jamaicana para um dos seus elementos, Tommy Cowan.

Depois dos sucessos com os Jamaicans, Cowan tornou-se numa peça fundamental de um maiores distribuidores de música na ilha, a Dynamic Sounds de Byron Lee, lançando na Jamaica a música norte-americana que eventualmente, através do R’n’B, começou a tomar conta do mercado.

Como verdadeiro rootsman e amante da música da sua terra natal, Tommy Cowan uniu os esforços de artistas, promtores e labels, criando a Talent Corporation Enterprise, com o propósito de mostrar ao mundo que a musica jamaicana era tão importante e envolvente como os sons que até então se dedicara a promover e distribuir.

Estabelecida em 1975, a Talent Corporation tornou-se rapidamente num ponto central de promoção do roots reggae da segunda metade dos anos 70, com Cowan e a Talent “crew” a serem fundamentais no processo de levar a música jamaicana ao resto do globo.

A produção do álbum “Same Song”, os trabalhos de edição e promoção de álbums como as estreias a solo de Bunny Wailer, Peter Tosh e Bob Marley ou a ocasião de ter sido um dos impulsionadores do agora famoso festival “Reggae Sunsplash”, são alguns dos feitos do currículo de Cowan. Quando a esses juntamos o seu trabalho na formação do Tuff Gong Recording studios e o convite feito por Bob Marley para o acompanhar e aos Wailers na tour Europeia de ’79 e na, agora histórica, viagem a Africa, continua a ser uma incógnita o anónimato de Tommy Cowan na história internacional do reggae.

“You can take the music from the roots but you can’t take the roots from the music…”

Com este “Life Goes in Circles” a Pressure Sounds trouxe sentido ao trabalho de Tommy Cowan, esperando finalmente ver reconhecido o incansável trabalho que este desenvolveu em favor da música da jamaica.

Para tal, foram recuperadas 20 dos melhores e mais raros lançamentos da Talent, que reunem um line up de históricos do roots reggae. Se vozes como Jacob Miller(“Ghetto on Fire”), Dennis Brown(“Life Goes in Circles”) ou The Abyssinians(“Love Comes & Goes”) surpreendem para além do já enorme reconhecimento que atingiram, malhas como “Jerusalem”(Devons Irons), “Mother Country” (Little Madness), “Please Officer”(Earl Zero) ou o “Hit Song” de Rowan Stewart interpretam no seu melhor a roots vibe deste set, completado por “extreme dub versions” e instrumentais onde brilham as “skills” de Augustus Pablo, King Tubby, Talent Crew….

Só parece mesmo faltar os Deejay cuts…ou pelo menos até ouvirmos a versão “Natty Sings a Hit Song”, toasting em tribute style de Dillinger ao trabalho da Talent Corporation.

Apesar desta colecção de malhas dos anos entre 1977-79 demonstrarem um período brilhante dos artistas aqui presentes, demonstram também a mística que envolvia a Talent Corporation, onde a força de vontade de Tommy Cowan, expressa no seu trabalho de facilitador da música, parece ser fundamental na intensa criatividade e inovação dos sons que se criavam num spot onde, eram habituais momentos como Kiddus I e Mutabaruka a recitarem poesia, junto da grande árvore do jardim…

A presença, dinâmica e amor pela música de Cowan resumem-se no desejo expresso na frase que criou quando se tornou a voz do Reggae Sunsplash:

Reggae is a musical vibe coming from the four corners of the world, uniting people of all classes, creeds and colours” que viria a tornar-se na catch phrase:

 “Uniting the World Through Music”.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: